Dicas para começar bem 2021…com conforto em família e no “bolso”

2021 chegou…já traçou os seus objetivos? Faça-o com os pés bem assentes na “sua casa” e seja prático. Sabendo que vivemos num novo mundo, onde a pandemia tem controlado, há já quase um ano, os ritmos de vida e as formas de trabalhar, para não falar da economia e do relacionamento social, e que assim seguirá nos próximos meses, pese embora a chegada da vacina.

Contudo, seja prático. Para o novo ano trace os seus objetivos nunca esquecendo os gastos e o seu orçamento mensal. Nós ajudamos.

Dicas para uma boa gestão anual de orçamento doméstico

  1. Identifique e acompanhe os seus gastos mensais
    Para se ter uma boa organização financeira é preciso planear bem os gastos e economizar dinheiro. Liste as suas despesas fixas, assim como as despesas variáveis, distinguido bem as despesas essenciais dos desejos pessoais, por exemplo.Além disso, é importante conhecer como a sua família realiza cada gasto. Isso é importante para a sua organização financeira. Registe assim todos os seus gastos: casa, seguros, pensões, contas de eletricidade, gás e água, alimentação e saúde, educação e formação e desporto.
  1. Identifique e acompanhe os seus rendimentos mensais: salários, prémios e rendimentos extras.
  2. Defina as suas prioridades para este ano e programe-as
    Analise bem o seu orçamento disponível. É fundamental saber separar o que é realmente necessário, do que é apenas supérfluo. Veja o que tem mesmo de gastos essenciais e o valor que resulta mensalmente de extra.
  1. Liste o que gostaria de realizar durante o ano. Uma obra na casa, o investimento numa caldeira ou em obras para tornar a sua casa mais confortável. E com o valor remanescente, se for o caso, invista no seu conforto e bem-estar, que seguramente trarão mais-valias de redução de custos mensais no futuro.
  2. mantenha o seu excel atualizado e vá, mensal ou trimestralmente verificando se está a ter custos extra fora dos planeados ou que excedem o valor estimado inicialmente. Reajuste o seu orçamento anual, se necessário.
  3. Aprenda a gastar menos do que ganha
    Antes de mais nada, para gastar menos do que ganha, deve criar o hábito de acompanhar todas as suas movimentações financeiras, identificando exatamente quanto entra e quanto sai da sua conta familiar. E evite desperdícios. A partir do momento em que conhece as suas despesas e receitas, e garante que as suas despesas sejam sempre inferiores às suas receitas, fica muito mais simples a tarefa de gastar menos do que se ganha e, por consequência, poupar a diferença.
  1. E não se esqueça de verificar os seus assets como os cartões de crédito. Estes podem criar uma falsa sensação de poder de compra ao oferecer a facilidade de pagar faseadamente e, muitas vezes, com juros elevados. Se for o caso, aproveite o ano para renegociar valores e juros e liquidá-los.
  2. Por último, procure alternativas para ganhar mais dinheiro. Aproveite o seu tempo em casa, e os seus hobbies, para pensar nas suas mais-valias e capacidades e as novas fontes de renda ajudam a obter mais benefícios.
    Talvez adore cozinhar para os seus amigos. Em caso positivo, essa poderia ser uma boa possibilidade de ganhar um rendimento extra.
    Siga as nossas dicas, organize-se e organize o seu orçamento familiar na sua casa. Para garantir o conforto, também financeiro, da sua família.
Artigos recentes

Deixe aqui o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.